top of page

5 livros de steampunk que você PRECISA ler!

Foi por aqui que pediram algumas dicas/inspirações para o Contos de Natal 2021?


Nosso concurso de Natal já está aberto e aceitando submissões (saiba mais aqui), pensando nisso, a Lua (maravilhosa, rainha do We e autora de Nyxels) perguntou se eu poderia fazer uma lista com algumas indicações de contos e livros de steampunk, para vocês terem algum material de apoio e conhecer mais sobre o assunto. Então, aqui está a lista suprema de livros de steampunk escritos por autores brasileiros!


Para comprar os livros é só clicar nas capas de cada um.


1. A Alcova da Morte, de Enéias Tavares, Nikelen Witter e A.Z. Cordenonsi.

Editora: AVEC Editora

Publicação: 8 dezembro 2017

Páginas: 220

Formato: Ebook


Brasil, 1892. Na noite da inauguração da estátua do Corcovado, um horrendo crime toma de assalto a alta sociedade carioca. Para resolver o mistério, a investigadora particular Maria Tereza Floresta, o engenheiro positivista Firmino Boaventura e o dândi místico Remy Rudá terão de se embrenhar numa perigosa trama de poder e corrupção. O que parece mais um caso, aos poucos se revela um plano que põe em risco o futuro de todo país e para impedi-lo, a agência de detetives Guanabara Real terá de usar toda a sua perícia para solucionar os enigmas tecnológicos e os mistérios arcanos da sangrenta Alcova da Morte!

Uma trama de investigação policial. Um enredo de ficção científica. Um crime de horror sobrenatural. Três autores, Três heróis, em um Rio de Janeiro que nunca existiu!


2. A lição de anatomia do temível Dr. Louison, de Enéias Tavares.

Editora: LEYA BRASIL

Publicação: 1 agosto 2014

Páginas: 271

Formato: Ebook


VOCÊ ESTÁ PREPARADO PARA A LIÇÃO DO DOUTOR? 1911. Porto Alegre. Dirigíveis gigantescos dominam o céu. Abaixo, o vapor cinzento dos bondes, das fábricas e dos estaleiros ao redor soma-se à fumaça dos charutos, dos cachimbos e das cigarrilhas. Vozes robóticas, barulho de hélices e maquinários misturam-se ao alarido do povo. De um Zepelin, desembarca Isaías Caminha, um jornalista carioca enviado à cidade para escrever uma matéria sobre o assassino em série Antoine Louison, que há poucos dias assombrava o local com um verdadeiro show de horrores: a exposição dos órgãos de suas vítimas. A aventura começa depois que o Dr. Louison, finalmente capturado e preso no hospício, desaparece misteriosamente de sua cela de segurança máxima sem deixar vestígios. Nesta busca pelo paradeiro do assassino, Isaías e um grupo de investigadores ainda vão topar com conhecidos do Dr. Louison, pertencentes a uma sociedade secreta de intelectuais, chamada Parthenon Místico, que estão dispostos a tudo para defendê-lo e desmascarar os criminosos. Esses amigos de Louison são alguns aclamados personagens da literatura brasileira, em brilhante reinvenção: Rita Baiana e Pombinha, de Aluísio Azevedo, Simão Bacamarte, de Machado de Assis, Solfieri, de Álvares de Azevedo, entre outros. Sobre o autor: Enéias Tavares tem 32 anos e mora em Santa Maria, no Rio Grande do Sul. É doutor em Letras e especialista nos Livros iluminados de William Blake. Pesquisador, tradutor e escritor, leciona literatura clássica na Universidade Federal de Santa Maria. De ficção, publicou As idades do homem na Coletânea 40, da editora Libretos. Escreve à noite e à luz de castiçais. Indicado para fãs de mistério e da temática Steampunk – que narra histórias ambientadas no passado, mesclando-as com elementos tecnológicos e modernos que não deveriam existir naquele período histórico, como nos clássicos de Julio Verne.


3. Homens e Monstros: A Guerra Fria vitoriana, de Flávio Medeiros Jr.

Editora: Draco

Publicação: 19 agosto 2013

Páginas: 335

Formato: Ebook


A guerra transforma Homens em Monstros ou apenas liberta o que guardam dentro de si?

Em um mundo steampunk, a história da Europa vitoriana não aconteceu como conhecemos. Após tensões com os colonizadores espanhóis, o Império Asteca torna-se parte do poderoso Império Britânico. Mas os ingleses não são os únicos protagonistas e disputam com os históricos rivais franceses pela hegemonia nesse novo panorama. Assim, o século XX começa com uma verdadeira Guerra Fria entre essas duas grandes potências mundiais.

Jules Verne, Ministro da Ciência francês, comanda os agentes do serviço secreto contra os enviados de seu nêmese, H.G. Wells, Ministro da Ciência da Inglaterra. Motivados por uma imaginação sem limites, o embate dos dois ministros levará a humanidade a incríveis realizações.

Em Homens e Monstros – A Guerra Fria vitoriana, romance do elogiado autor de ficção científica Flávio Medeiros Jr., encontre o Almirante Nemo, Axel Lidenbrock, Dr. Jekyll e outros personagens célebres da literatura fantástica vitoriana em um contexto diferente das obras originais. Existe um sentido para a ética na guerra? Como ela transforma os homens? Se os converte em monstros ou apenas liberta o que guardam dentro de si, só há um jeito de saber. Engrene-se nas histórias que formam essa realidade steampunk extraordinária.


4. Brasiliana Steampunk Contos 1: Bento Alves e o Assalto ao Templo Positivista, de Enéias Tavares.

Publicação: 2 abril 2016

Páginas: 64

Formato: Ebook


Em maio de 1896, o aventureiro profissional e caçador de recompensas Bento Alves é contatado pela sociedade secreta Parthenon Místico. Seus integrantes revelam a ele que a demoníaca Ordem Positivista gaúcha raptou a médium indígena Vitória Acauã para experimentos desumanos e odientos testes pseudo-científicos. Conseguirá o herói invadir o laboratório subterrâneo e resgatar a jovem vítima dos algozes da Ordem e do Progresso? Releitura dos heróis de Raul Pompeia e Inglês de Souza, este conto deu origem ao universo de Brasiliana Steampunk, série ganhadora do prêmio Fantasy! (Casa da Palavra/LeYa, 2014) com o livro A lição de anatomia do temível dr. Louison.

Brasiliana Steampunk Contos é uma coleção de seis contos interdependentes que trazem por protagonistas os heróis do universo criado por Enéias Tavares. Indicado para aventureiros do oculto e damas ousadas, este conto apresenta aventura, suspense & robóticos ameaçadores, entremeados à carta que Bento Alves escreve ao seu antigo amigo do colégio Ateneu, Sergio. Esta edição conta com apresentação do escritor Felipe Castilho - série Legado Folclórico -, posfácio do autor, edição de Fabio Brust e Inari Jardani Fraton, capa de Poliane Gicele e ilustrações exclusivas de Karl Felippe.

Enéias Tavares tem 34 anos e é escritor, professor e escorpiano. Nascido à meia-noite, até hoje não sabe se vive durante o dia ou à noite, mas sempre entre livros. É doutor em Letras e especialista nos livros iluminados de William Blake. Pesquisador e tradutor, leciona literatura clássica na UFSM. Integra o Grupo Epic há um ano, desenvolvendo produtos para a série Brasiliana Steampunk.

Indicado para fãs de aventura, ficção científica e mistério, Brasiliana Steampunk reinventa os heróis da literatura nacional num cenário retrofuturista. Mais informações sobre a série e o autor em www.brasilianasteampunk.com.br.


5. Vaporpunk: relatos steampunk publicados sob as ordens das suas majestades, de vários autores.

Editora: Draco

Publicação: 13 julho 2012

Páginas: 304

Formato: Ebook


Com força mundial, a estética steampunk vem angariando cada vez mais fãs brasileiros e portugueses. Seu apelo visual e o rico conteúdo inspirados no século XIX são o combustível certo para a produção de uma literatura que pode ser intensa, mas também descontraída. Descubra o que oito autores maquinaram nesse intricando conjunto de engrenagens que é a imaginação. O steampunk nasceu como um gênero literário, mas ganhou vida própria e dominou a moda e as artes plásticas, tornando-se cada vez mais conhecido. Se a cultura da era vitoriana virou inspiração para essa estética, em Vaporpunk – Relatos steampunk publicados sob as ordens de Suas Majestades, os organizadores Gerson Lodi-Ribeiro e Luis Filipe Silva imaginaram essa época tão distinta sob a ótica brasileira e portuguesa, repleta de inovações tecnológicas e acontecimentos inusitados. Com a presença de renomados autores da ficção especulativa dos dois países, Octavio Aragão, Flávio Medeiros Jr., Eric Novello, Carlos Orsi e o próprio Gerson pelo Brasil; Jorge Candeias, Yves Robert e João Ventura por Portugal; a coletânea traz oito noveletas movidas a vapor, disputas políticas, personagens famosos e armas engenhosas. Tudo isso regado a muita aventura e surpresas, porque mais do que repensar o gênero, Vaporpunk é um convite para conhecer um mundo alternativo, e o que Brasil e Portugal poderiam ter sido com tamanhas novidades.



 

Essa lista é um post lá no nosso Instagram também, então aproveita pra ir lá seguir a gente (clique aqui)!


Espero que vocês tenham gostado das indicações e me contem se vocês já leram algum desses livros e o que acharam, ok?

Comments


bottom of page